(31) 2104-3000

Como as mudanças do Simples Nacional 2018 podem afetar o seu negócio?

Optar por um regime tributário pode ser tornar uma tarefa bem complexa: Atividade Autônoma, Lucro Real, Lucro Presumido ou Simples Nacional… Afinal, onde o meu negócio se enquadra? O ano de 2017 está terminando e em 2018, possivelmente, muitos cirurgiões-dentistas estarão diante a essas questões, mais uma vez. Isso, porque teremos novas regras para o Simples Nacional que afetarão diretamente as profissões liberais.

Com as mudanças, as alíquotas não serão mais fixas e, várias atividades, incluindo a dos cirurgiões-dentistas, dependerão do fator “R” para a realização do cálculo dos tributos a serem pagos. O cálculo desse fator é feito assim:

Folha de pagamento + Contribuição Previdenciária + FGTS ÷ Receita bruta nos últimos 12 meses

Se o valor da relação entre a folha de salários e a receita bruta da empresa for igual ou maior que 28%, ela será tributada de acordo com o anexo III do Simples Nacional, cuja base de cálculo se inicia em 6%. Em caso de o Fator R ser menor que 28%, o anexo de referência é a de número V que inicia a base de cálculo em 15,5%.

Com o anexo correto, é necessário ainda fazer o seguinte cálculo:

Faturamento da empresa nos últimos 12 meses x alíquota (anexo 3 ou 5) – valor da tabela ÷ Faturamento da empresa

O valor encontrado será a porcentagem real dos impostos do mês.

É imprescindível frisar que esse cálculo pode variar de mês para mês e, por isso, é importante fazer uma análise completa. Só assim o empresário saberá em qual regime tributário poderá se enquadrar.

As mudanças não são simples, mas podem trazer várias vantagens para alguns empresários. Deste modo, destacamos a necessidade de todos procurarem um bom contador para realizar, com ele, esses cálculos. Lembrando que caso opte pela mudança de regime, é preciso alinhar a situação com a Receita Federal até o dia 31 de janeiro de 2018. Mais informações em  http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/

Confira as tabelas dos anexos III e V do Simples Nacional 2018: