Notícias

 

O Congresso Mundial de Odontologia FDI 2010 acontecerá em Salvador-BA, de 2 a 5 de setembro. O Programa científico para 2010 foi estruturado a fim de abranger os temas mais relevantes da profissão, objetivando uma conexão com a missão de responsabilidade social da FDI de promover a saúde oral das pessoas em todo o mundo. Os tópicos visam induzir a discussão sobre políticas públicas e práticas privadas, novas tendências, contato com pesquisas, ensino e práticas clínicas e ainda um debate que integre a odontologia e outras profissões que tenham um impacto sobre a saúde oral e a saúde como um todo.

Amalgamado a tudo isto, um programa social cuidadosamente preparado que irá mostrar os diversos aspectos da cultura local. Viagens às Cataratas de Iguaçu, à região Amazônica, o Pulmão do Mundo, e a fantástica região do Pantanal entre outros lugares maravilhosos que estão esperando você.

FDI 2010: preços especiais para brasileiros

Todos os cirurgiões-dentistas brasileiros pagam preços especiais nas inscrições para o Congresso Mundial da FederaçãoDentária Internacional (FDI) de 2010, que acontece em Salvador (BA), entre 2 e 5 de setembro. Isso é possível por que a ABO representa todos os profissionais do Brasil na FDI. Para ter acesso aos melhores valores de adesão, É preciso ficar atento aos prazos: R$ 305,00, até 28 de maio; R$ 350,00, até28 de junho; R$ 420,00, até a realização do congresso. Os valores valem também para profissionais latino-americanos associados à entidade nacional filiada à FDI. O pagamento pode ser feito por boleto bancário ou cartão de crédito (Visa, Master e Diners), sendo que, no cartão, é possível parcelá-lo em até três vezes. A taxa de adesão inclui acesso a todas as atividades do Congresso. Informações e inscrições: www.fdi2010.com.br   ...
Leia Mais

 

No dia 7 de abril é comemorado o Dia Mundial da Saúde. As comemorações tiveram início em 1948, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) demonstrou preocupação em manter o bom estado de saúde das pessoas no mundo. Segundo a OMS, saúde é o mais completo estado de bem-estar físico, mental e social e não a simples ausência de doença.
Em entrevista ao site do CROMG, o Dr. Arnaldo de Almeida Garrocho comentou a situação da saúde bucal no Brasil, pediu mais investimentos na área e afirmou que só teremos um Brasil melhor se a saúde pública for para todos.

CROMG: Dr. Arnaldo, o Dia Mundial da Saúde foi criado em 1948. Nesses 62 anos, o que mudou na área da odontologia? Dr. Arnaldo: Em termos de Brasil foi um avanço grande. Antigamente, na saúde pública, não tinha nenhuma assistência, a carência era muito grande. Às pessoas tinham como opção a extração dos dentes. Hoje, percebemos que muita coisa melhorou. Temos programas de prevenção contra doenças bucais, as pessoas já têm consciência que a cárie é uma doença passível de prevenção e a assistência odontológica pública oferece mais procedimentos. Por outro lado, infelizmente, a população muitas vezes não tem acesso a uma cobertura ampla. Nem todos os avanços chegam a todas as camadas da população. A saúde no Brasil merece mais atenção e investimentos.  Independente de governo, de quem exerce o comando do País ou do Estado, os nossos políticos precisam ter o amadurecimento e entender que saúde não é despesa, mas investimento. Para se ter uma idéia, nós investimos menos em saúde pública do que países mais pobres como a Argentina, Chile, Bolívia. CROMG: Junto com a criação do Dia Mundial da Saúde foi proposto o debate para a proteção mínima contra doenças e os padrões de vida insalubre. Como esses fatores afetam a saúde bucal? Dr. Arnaldo: Para provermos a saúde com eficiência é importante que, antes de mais nada, as pessoas tenham acesso à educação. Os cuidados básicos só serão desenvolvidos de maneira apropriada com a cooperação da população, só assim a prevenção ocorrerá. É preciso que o indivíduo tenha consciência da importância de fixar bons hábitos. Todos precisam entender que a saúde bucal reflete na qualidade de vida das pessoas. A boca não é só dente. Muitos fatores estão envolvidos e muitas atividades que desenvolvemos no dia a dia, como falar, sorrir, mastigar, dependem da saúde geral da boca. O maior reflexo de qualidade de vida do indivíduo é a saúde bucal. Na constituição brasileira, a saúde é direito de todos e dever do Estado. Então eu queria lembrar uma colega, a Maria Eugênia Tollendal, que diz que faltou complementar que cada Ser também é responsável pela sua saúde. Ou seja é dever do Estado, é direito do cidadão, mas nós também precisamos fazer a nossa parte. A questão é que para que as pessoas façam a parte dela, é preciso que elas tenham consciência e essa consciência só é conseguida pelo acesso à educação.  CROMG: Na opinião do senhor, quais os principais avanços da saúde brasileira nesses 62 anos? Dr. Arnaldo: São muitos os avanços. Na área da saúde infantil os investimentos possibilitaram que muitas crianças hoje não tenham cárie. O nosso grande problema é que as ações preventivas relacionadas à saúde bucal, não tem alcançado toda a população. A distribuição de renda no nosso país é muito perversa. Precisamos, além de investimentos, levar os serviços de saúde bucal para todas as classes sociais. Sem essa consciência, a saúde pública vai avançar pouco no nosso país. CROMG: O senhor cita algum retrocesso?Dr. Arnaldo: O nosso principal retrocesso é a falta de investimento na área. Em 2009, o governo de Minas investiu 0,006% em saúde bucal. O CRO tem denunciado frequentemente essas atitudes. Se continuarmos assim seremos para sempre o país dos desdentados. CROMG: Belo Horizonte e muitas cidades do Brasil promovem anualmente atividades para comemorar o Dia Mundial da Saúde. Esse ano, por exemplo, a Secretaria Estadual de Saúde preparou uma exposição de fotos. O que o senhor acha dessas iniciativas? Dr. Arnaldo: São positivas. As ações despertam o interesse da população e são uma oportunidade de educarmos as pessoas. A pena é que só acontecem às vezes, deveriam ser mais frequentes, mas já é um bom começo. Conheça a Programação em Belo Horizonte De 7 a 20 de abril, de 8 às 18h, a Secretaria Estadual de Saúde promove uma exposição fotográfica sobre os 60 anos da Saúde Pública. A entrada é gratuita. O endereço é Rua Sapucaí, 429. Mais informações: (31) 3247-3700. ...
Leia Mais

Informamos que o prazo final para inscrição no I Fórum sobre o Exercício Profissional da Odontologia no Mercosul foi alterado para o dia 09 de abril. Mais informações: http://bit.ly/cVYq2u

Leia Mais